• Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

© 2017 | OrdenArte - Organiza com Arte

Mídias

Closet dos sonhos

November 22, 2017

 

Invista em alguns dias de arrumação e ganhe muito tempo no resto do ano.

 

O excesso, às vezes, é o grande culpado pela falta.

A gente explica: um closet abarrotado pode ter tantas peças fora de uso que fica difícil encontrar o que você realmente quer usar. Livrar-se do que não faz mais parte da sua vida é a primeira e inevitável etapa para ter um closet organizado. Se for preciso, convoque uma amiga impiedosa para ajudá-la nessa sessão de desapego.

Feito isso, só seguir as nossas dicas para aproveitar bem todo o tempo da viagem.

 

1 - Quem fica, quem vai

O pontapé inicial para botar ordem no closet é o descarte - ou seja, separar as peças que você não quer mais e encaminhar para doação, venda ou, se for o caso, lixo. “Se uma peça não foi usada nos últimos dois anos, é porque ela não combina mais com você, não cabe nos locais que você frequenta”, diz a personal organizer Claudia Pilli.

Muita gente também guarda itens que não servem mais, planejando voltar a usá-los quando a dieta surtir efeito. A estratégia raramente dá certo. com o passar dos anos, ainda que ocorra a redução de peso, nada garante que ela será nos lugares esperados e a roupa pode não cair como antes, explica Claudia.

Por isso, o melhor é passar a peça pra frente e, se aqueles quilinhos forem embora, comemorar com uma peça nova.

 

2 - Divisão funcional

Os critérios de organização devem fazer sentido para quem o utiliza, diz Claudia, que faz uma entrevista inicial com os cliente para entender suas necessidades. Mas sempre há uma medida comum para todos. “Organização envolve juntar itens que tenham alguma relação”, diz a especialista. Você pode dividir o closet entre roupas de verão e de inverno e, dentro disso, separar por tipo e cor. Estabelecer temas também funciona: a roupa de academia divide espaço com acessórios de natação e os vestidos de festa ficam juntos, por exemplo. Pense qual forma de divisão é a mais funcional para o seu dia a dia e mãos à obra!

 

3 - Tudo à vista

Com as peças bem à mostra, você poupa tempo e consegue tirar o item escolhido sem bagunçar os demais. Se o espaço permitir, Claudia recomenda guardar as camisetas acomodadas em sobreposição, formando uma cascata. Sapatos devem ficar em prateleiras, separados por modelo e cor. Em caixas, somente se a pessoas for ultraorganizada. “Caso contrários, elas irão atrapalhar”, diz a expert.

 

4 - Dobrar ou pendurar?

Malhas e camisetas devem ser dobradas, assim como roupas de lã que deformam se penduradas. Já peças como camisetas, blusas que amassam facilmente, casacos e calças de alfaiataria ficam melhor em cabides. Para saias, a melhor alternativa são os cabides com presilhas. Calças jeans e de tecidos mais grossos também ficam bem em cabides, mas, se não houver espaço para pendurá-las, não há problema nenhum em mantê-las dobradas.

 

5 - E por falar em cabide…

A escolha depende do objetivo principal. “Se a ideia é ganhar espaço, os mais finos, como os aveludados, são ideais. Se é economizar no preço, os de plástico são os mais em conta”, exemplifica Claudia. Há peças que pedem modelos específicos, como os cabides com cava, para blusinhas de alça. Para calças, o ideal são os antideslizantes ou cabides infantis.

 

6 - Acessórios úteis

Caixas grandes e cestas são boas para guardar cachecóis de lã e chapéus. Saquinhos de tela podem guardar peças que você não vai usar naquela estação. Gaveteiros com rodas são uma boa maneira de ocupar espaços ocioso. Todos esses acessórios, entretanto, devem ser adquiridos para resolver problemas existentes. se comprados sem planejamento, correm o risco de virar, eles próprios, itens para descarte.

 

7 - Bijoux sem nó

Gavetas com divisórias são perfeitas para acomodar bijoux e acessórios. Bandejas de veludo, que você pode comprar por módulos e montar de acordo com sua gaveta, evitam riscos nas bijoux, recomenda a personal organizer Carol Rosa. Porta-anéis de veludo também podem ser usados para guardar brinquinhos miúdos. Já aqueles colares compridos devem ser pendurados em ganchinhos. Dessa forma, você evita que eles virem um grande emaranhado.

Compartilhe no Facebook
Please reload

Outras Mídias

Mala superlegal

November 22, 2017

1/4
Please reload